Experiências Sustentáveis

Conheça o Veganuary: hábito saudável para você e para o planeta

publicado em
24.1.2022

Janeiro é conhecido como o mês das novas resoluções e adoção de novos hábitos. Com o objetivo de incentivar as pessoas a repensar suas escolhas alimentares e experimentar o veganismo durante 31 dias, nasceu o Veganuary (vegan + january). O movimento já existe desde 2014, quando foi originado no Reino Unido, e hoje já possui participantes de mais de 200 países, incluindo o Brasil.

O janeiro vegano tem uma missão clara: tornar mais acessível as informações sobre alimentação vegana, desmistificando a dieta à base de plantas. As empresas também são público-alvo da campanha, já que o veganuary propõe uma reflexão sobre a necessidade de oferecer opções alimentares livres de crueldade animal e destruição ambiental. 

>>> quero participar, como faço?

Os interessados em participar do veganuary não precisam ser experts em comidas à base de plantas, pelo contrário, ao se inscrever no site veganuary.com você recebe diariamente dicas, ideias para praticar o veganismo, sugestão de lista de compras e receitas para praticar a nova alimentação desde o dia nº 1. 

>>> embaixadores e pautas do movimento

O movimento conta com embaixadores de renome, como a apresentadora Xuxa Meneghel aqui no Brasil, e o cantor Paul McCartney, engajados em levantar a causa do veganismo e fazer repensar sobre os impactos que o consumo de carne causa na saúde, nos animais e no meio ambiente. Para se ter uma ideia, muitas pessoas iniciam a alimentação sem ingredientes animais para ver se conseguem melhorar sua saúde, amenizando problemas digestivos e melhorando a qualidade do sono. Pesquisas realizadas na Universidade de Florência, na Itália, concluíram que esse tipo de dieta pode reduzir a ocorrência de câncer e problemas no coração. Ótimo ponto de partida para se pensar em veganismo, não?

Outra questão discutida pelos veganos diz respeito ao sofrimento animal, causado pela situação de exploração e maus-tratos realizados pelo sistema pecuarista. Quem adota o veganismo por essa causa, busca se posicionar como não conivente com esse tipo de exploração.

A preservação do meio ambiente também é um ponto a se considerar para optar pela alimentação vegana, já que a criação animal ocasiona diversos impactos sobre o planeta, como: desmatamento, emissão de gases carbônicos e aumento do consumo de água. Para se ter uma dimensão do problema, em 2016, foi constatado que mais de 80% do desmatamento no Brasil está relacionado à criação de pastos, de acordo com o relatório “O Estado das Florestas do Mundo”, lançado pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).

>>> participe, ainda dá tempo!

O veganuary é apenas um ponto de partida para mostrar que é possível, sim, viver hábitos que incluam mais cuidado consigo mesmo, com os animais e com o planeta. Ter consciência é a chave para transformar não só a sua alimentação, como também a sua forma de pensar o coletivo. 

Que tal fazer parte do veganuary e escrever um diário com as percepções sobre seu corpo, seu bem-estar e emoções? Você pode se surpreender com as mudanças positivas que o veganismo traz.


Outras publicações

nuar-icon
Copyright © 2021. Grupo Grendene | Design by drin.ko